31 dezembro 2012

O meu balanço de 2012?

Sei lá, o raio do ano passou rápido pa caraças. Vou ter que dizer a quem manda nestas coisas do tempo que tem que abrandar o ritmo. É que não há condições...
Bem espero que tenham um excelente 2013 e que o novo ano vos traga tudo aquilo que o gordo do Pai Natal não trouxe.

23 dezembro 2012

A crise, ai a crise...

Eu vou deixar de ter "pena" dos portugueses e, quiçá, deixar de acreditar na crise, juro! É que a crise está em plena força no país mas hoje em Braga parecia o fim do mundo nos shoppings e nas lojas. Demorei 40 minutos a fazer 1km só porque tinha que passar pela frente do Braga Parque. E depois ainda dizem que não há dinheiro. Não percebo.

22 dezembro 2012

Começou o Inverno e já é Natal :-)

Deêm-me uma lareira que eu sou feliz a ver a lenha a arder. Feliz Natal!

20 dezembro 2012

Ele há coisas que me tiram do sério...

Acabei agora mesmo de ver a reportagem do Linha da Frente sobre a pobreza em Portugal e a miséria que tem assolado as nossas famílias. Já nem vou falar do que a Sra Jonet disse porque, ao que parece, ela é que sofre de carências mentais. Pondo isso de lado (a estupidez é tanta que nem vale a pena comentar) tenho a dizer que gosto, melhor, adoooro, ver gente dizer que não tem o que dar aos filhos para comer mas tem unhas de gel (que custam 40€ a 60€ mais a manutenção mensal), adoro ver gente a morar em barracas sem qualquer tipo de condições, em que os vizinhos do lado são os ratos e as baratas, mas têm o canal panda (canal da tvcabo ou seja lá qual for o serviço, que é pago e não é nada barato), adoro ver gente queixar-se da pouca sorte que tem e que os filhos passam fome, mas continuam a trazer crianças para este mundo (quando há mil e uma maneiras para evitar uma gravidez) mesmo sabendo que vão continuar a depender de terceiros. Enfim, a lista poderia continuar infinitamente, mas acho que tudo o que disser vai sempre parecer indiferente e insensível ao que estas pessoas passam, e essa não é verdade. Custa-me, custa-me horrores ver estas coisas. Eu também tenho irmãos, Pai, Mãe, amigos que podem ter uma desgraça na vida e não é vergonha nenhuma pedir ajuda. Agora não sejam irresponsáveis, não comprem mais do que podem, não queiram mais do que podem ter porque ninguém tem culpa da vossa falta de consciência e responsabilidade, principalmente estas crianças inocentes que não pediram pra vir ao mundo.

19 dezembro 2012

Portugal for Christmas

E já cá estamos há algumas horas. Já fui comer arroz de Pato, já senti o vento do Mar e já dei uma coça valente ao sofá. A partir de amanhã há muito que fazer: comprar os ultimos presentes, ir renovar o passaporte, dar mimo a uma amiga que sofre e conviver com a familia. Pelo meio temos ainda jantares e almoços de Natal. No entanto confesso que não estava muito animada para vir para Portugal. Não sei porquê, mas podia bem passar o Natal em Londres, sem dramas ou stresses, sem andar a saltar de um lado pó outro ou ter que me desdobrar para agradar a todos. Enfim, este ano o meu Natal perdeu o brilho e eu estou cá porque sim, porque é suposto.

Um beijinho a todos e espero que tenham um Feliz e Santo Natal.

16 dezembro 2012

I'll always have my heart in Dublin

Dublin dá cabo de mim. Esta cidade é uma desgraçada. 3 festas em 3 dias é coisa para me deixar de molho durante uma semana. A idade também já não ajuda, vá, e o acordar no dia seguinte já se torna algo penoso. Either way, eu gosto desta cidade, gosto dos Irlandeses(e do seu sotaque maravilhoso) e adoro as minhas pessoas que ainda cá estão, por isso vale sempre a pena voltar para dizer "Heya" ou "are you alrihiiiii".

Amanhã é dia de voltar a Londres, desfazer as malas e voltar a fazer pa ir passar o Natal a Portugal. Haja alegria que o resto logo se vê...

13 dezembro 2012

Surpresaaaaa

Ja vos disse que adoooooro fazer surpresas? Já? É que adoro mesmo. E é tão bom ver um sorriso no rosto de quem amamos que o meu coração está a transbordar de felicidade.

Happy Birthday bestie :-)

12 dezembro 2012

O Parlamento Inglês

Assistir às sessões plenárias do Parlamento Inglês (na tv, claro) é qualquer coisa de hilariante. Eles falam uns por cima dos outros, vaiam-se mutuamente, fazem perguntas e pedem felicitações (?) ao PM um tanto fora de contexto, marcam reuniões pessoais e compromissos, tratam-se como "meu querido amigo" e fazem uma "dança" do senta-levanta que deve dar cá uma dor de gémeos dos caraças. É uma alegria e eu rio-me bastante. No entanto, parece-me bastante democrático.

Ainda a propósito do Parlamento Inglês, quando fui fazer a visita guiada é que percebi melhor como é que a "House of Commons" (Casa dos Comuns=Povo) funciona e, por acaso, achei que fazia todo o sentido. Os partidos da oposição e o partido do governo estão frente a frente (como se de uma batalha se tratasse) e discutem (e discutem mesmo) os assuntos que cada um acha pertinente. O poder de retórica é a única ferramenta que os deputados podem usar (o único que oficialmente pode ter papeis na mão é o PM). Normalmente não existe uma agenda e quem decide quem vai falar a seguir é o presidente do parlamento (o nosso presidente da assembleia) que escolhe aleatoriamente entre os que se levantam e sentam, sendo que alterna entre oposiçao e governo. À primeira vista parece uma confusão,  sim, anarquia total, mas a verdade é que eles se entendem.

Por isso, se alguma vez vierem a Londres, eu aconselho a visita guiada ao Parlamento Inglês (acho que são £15 libras) mas vale bem a pena o dinheiro, porque além de ficarem a conhecer e a perceber como funciona o parlamento vão também conhecer The House of Lords (a parte dedicada à Rainha e aos seus conselheiros). Ah e o edificio é qualquer coisa de magnifico!

PS- Para quem não sabe, o Parlamento Inglês é o edificio onde está o Big Ben.

11 dezembro 2012

A minha prendinha do Natal :D

E a pedido de algumas famílias, aqui está a minha prendinha nova :D. É um gadget, sim, tinha que ser, mas eu estou a adorar o meu bichinho novo. É tão pequenino, tão fácil de transportar e muito bonitinho :D

PS- Não, não é um icoiso (graças ao senhor), é um google nexus 7 lindo lindo lindo.

10 dezembro 2012

Aqui já foi Natal. Aí não???

E o Natal já passou cá por casa. Para quem está fora do seu país a nossa família passam a ser os nossos amigos. Por isso mesmo há que organizar o almoço de Natal fora de tempo para podermos usufruir da presença um dos outros.

Não houve bacalhau, não. Mas o nosso repasto até que não foi mau de todo. Ora espreitem...




E como aqui foi Natal, eu já abri a minha prendinha. Teve que ser :D

05 dezembro 2012

É que sou só tua


Except for the cat (no, I don't like cats and I don't post a picture of a semi-dead cat every 5 minutes on facebook) I looooove this picture. The moon, the kid, the loneliness and the idea of you...love it.

04 dezembro 2012

É Natal, é Natal....

A nossa Arborinha do Natal já está montada faz algumas semanas (sim, sou daquelas que acha que não vale a pena esperar por Dezembro para montar a árvore, uhhhh). Bem, continuando, a arvoreca estava montada mas eu achava que a coisa não estava lá muito bem compostinha. Vai daí, toca de comprar mais fitinhas e refazer a dita cuja. Agora sim está ao meu gosto :D
Estão a ver aquele presentinho, estão? Pois, é o meu, mas eu não posso abrir, aiiii sofrimento. Mas não faz mal porque eu adoooro surpresas e adoro esta expectativa.

Este fim de semana temos jantar de Natal com a família estrangeira emprestada e depois é só esperar mais 2 semanitas e já posso usufruir das minhas 2 familias (a de sangue e a de coração).

E pronto, são estas as novidades aqui da terra do frio (para vocês verem como a minha vidinha anda um nadinha desinteressante). 

27 novembro 2012

Pai Natal, dá-me serenidade

Olha, tá na moda ser do contra. Tá na moda sermos (ou parecermos) exactamente o oposto dos outros. Não porque realmente o somos e temos opiniões diferentes, não. É só mesmo porque tá na moda ser do contra. E atenção que eu não gosto cá de manadas nem de cordeirinhos, mas também não exagerem com o "ah e tal eu sou diferente de todos, porque ser diferente de todos é que é cool e eu mostro a pessoa original e especial que sou".

Menos meninas, menos.

23 novembro 2012

O problema de quem fala demais, é que também escreve demais

Pois, e ainda só vou com menos de 1/4 da tese escrita e já tenho 9000 palavras. Ou seja, restam-me 11 mil para o resto todo. Estou tão tramada da minha vida....

20 novembro 2012

Lake District

Venho maravilhada com o countryside Inglês. Fomos para Lake District e tivemos um fim de semana fantástico. Melhor, melhor era termos ficado uns 7 dias em vez de 3. Assim dava para aproveitar melhor  aquela Paz e sossego. Ficamos numa casa MA-RA-VI-LHO-SA, com jacuzzi e suna no exterior, 2 salas, uma cozinha que me deixou de queixo caido e o melhor de tudo, não se ouvia um barulhinho sequer. Adorei a experiência e só espero poder voltar a um sitio daqueles. Para quem mora 24 horas por dia no meio de uma cidade como Londres, chegar a um sítio onde apenas e só se ouvem as ovelhinhas e a chuva a cair é qualquer coisa de regenerador.

Aqui ficam algumas das fotos do Paraíso onde estivemos...







15 novembro 2012

Serviço público

Embaixada de Portugal em Dublin
"A Embaixada de Portugal em Dublin pretende contratar, em regime de prestação de serviços, uma pessoa para desempenhar funções de secretariado, a partir de 1 de Janeiro de 2013.

Qualificações

Curso superior e/ou experiência profissional relevante.
Bilingue, português e inglês, falado e escrito.
Utilização proficiente de meios informáticos (Word, Excel, Mail, Internet).

Funções principais

Agenda e secretariado do embaixador.
Correspondência variada.
Tratamento e arquivo de documentos.
Atendimento telefónico.
Organização de eventos

Remuneração

Vencimento mensal ilíquido de 1820 euros por mês

Candidaturas

As candidaturas devem ser apresentadas até ao dia 30 de Novembro para o correio electrónico rosario.hayesmccoy@dublin.dgaccp.pt. Favor enviar carta e currículo, com fotografia e data de nascimento e referências.

O processo de selecção será efectuado em dois tempos. Os candidatos selecionados farão uma segunda prova, que incluirá uma entrevista presencial ou por vídeo-conferência."





Quem quiser, já sabe. Ah e a embaixada em Dublin é bem localizada, só pa que saibam.

Ora..a carga policial, pois claro

Não me digam que é normal arrancar pedras da calçada e arremessa-las aos polícias (que em última análise são pessoas tão normais quanto aquelas que se manifestavam). Claro que nem toda a gente que lá estava eram os rufias (cobardes de cara tapada) que se viam na linha da frente a provocar a polícia, mas quem não queria arranjar confusões acatava o conselho da polícia e dispersava. Não, não concordo com a violência a que assisti, mas a verdade é que, por causa de meia duzia de inergúmenos, levam todos. Sempre fomos um país pacífico e é triste ter visto o que aconteceu em Lisboa. Manifestar sim e sempre, mas não assim.

Já agora leiam aqui, porque o homem resume tudo aquilo que eu penso.

14 novembro 2012

De volta

E já estou de volta. Foram literalmente 24 horas alucinantes. Cada meia hora do meu dia estava programada e eu consegui cumprir cada um dos dos compromissos ao minuto. Estou contente, claro, mas estouradinha. Ontem cheguei a casa já eram quase 2 da manhã e foi dormir até às 11 que nem um bebé.

Agora é tempo de por o trabalho em dia e dedicar-me novamente às minhas leituras e escritas, até porque este fim de semana lá vamos nós outras vez conhecer mais um bocadinho destas ilhas verdejantes maravilhosas. Eu costumo dizer que o bom destas ilhas está no que não é conhecido. Já na Irlanda foi igual. Quem conhece Dublin sabe que não é uma cidade propriamente bonita, é suja e um bocadinho pequena prós meus gostos de metropoles. No entanto o country side irlandês é qualquer coisa de fantástico, saído de um postal. Desta vez vamos explorar o Distrito do Lagos (Lake District) aqui na Inglaterra. Promete ser um fim de semana muito divertido e com muitas histórias para contar. Logo veremos.

Pronto e já estou aqui a divagar e tenho mais que fazer. Inté

12 novembro 2012

Ora vamos là outra vez

Outra vez dentro de um autocarro com asas. Ai estou tão farta de aviões...ainda por cima quando a diferença entre um voo e outro é de 24 hrs.

Bem, até amanhã.

07 novembro 2012

Ainda sobre as eleições "amaricadas"

Os meus pedidos foram ouvidos e o Obamazinho lá venceu as eleições. A verdade é que fiquei acordada até às 3 da manhã a acompanhar a contagem dos votos e a coisa não estava muito favorável ao Sr Barack-charmoso-Obama. No entanto, acordo de manhã e tcharaaaan o home lá venceu as eleições e temos um mundinho um bocadinho mais seguro durante 4 anos.

Parabéns ao povo americano que soube escolher o seu Presidente e dar-nos a nós (resto do mundo) paz e sossego durante uns tempinhos. É que ter um troglódita como chefe "da policia do mundo" não haveria de ser lá muito promissor para a nossa segurança.

06 novembro 2012

As eleições Americanas

Eu cá acho que o resto do Mundo também devia votar nas eleições Americanas. Senão vejamos,

  1. Seria uma injecção de votos inteligentes, o que, convenhamos, por aqueles lados não abundam.
  2. Se eles fazem merda, nós também levamos por tabela que andamos sempre na onda dos Estados Unidos, por isso deviamos ter voto na matéria
  3. O Obama venceria estas eleições com uma perna às costas, o que por si só é já meio caminho andado para termos um mundo mais calminho por uns tempos
E pronto, eu estou aqui a torcer pelo Obamazinho, porque o homem até tem 2 dedos de testa e, em comparação com o Romney, é um génio! 

05 novembro 2012

Spoiler alert!

Ora que fomos ver o Skyfall (o novo do 007). Não é que eu goste particularmente da saga do espião britânico, mas lá fui. Afinal diziam ser o melhor James Bond de sempre...uhhhhhh!

(Começa o spoiler)

Aos 5 minutos de filme e já eu me enervava com a "estupidez" do filme. Tudo bem que o homem não vai morrer aos 5 minutos do filme, sendo ele próprio a estrela do dito cujo, mas peloamordedeus, o homem leva 2 tiros, cai de um comboio em andamento, de uma altura praí de 300 metros, cai num rio inconsciente e tcharaaaan, SOBREVIVEEE, sem explicação aparente ou mesmo uns ossinhos partidos. É que convenhamos, caso não morresse dos 2 tiros (no peito), morria da queda, se não morresse da queda, morria afogado, senão morresse afogado morria de infecção ou, imagine-se só, hemorragia. Mas nãaaao, o super herói reaparece E reaparece a fazer o quê?? Ahh pois é meus amigos, o homem reaparece a fazer o belo do amor numa praia paradisíaca, vinda não se sabe de onde, porque ele estava na Turquia e de repente aparece nas caraíbas. Coisas muito fantasiosas e não explicadas para o meu gosto e mania em perceber as coisas todas.

Bem, o filme tem outros pormenores muito fail, como ele ter levado 2 tiros e só ter a cicatriz de um ou a última cena ter sido inspirada no Sozinho em Casa ou até mesmo pormenores da cidade de Londres que não batem certo com a realidade. 

No entanto, a única coisa pela qual realmente valeu a pena ter ido ver o filme, foi pelo mau da fita: Javier Bardem, o homem é demais enquanto vilão. Não está ao nível do "No country for old men", mas está lá perto. Pena é ele ter sotaque espanhol e dizerem k ele é brasileiro no filme, mas pronto, Português-do-Brasil e Espanhol têm tuuuuudo a ver.

(Fim do spoiler)

Quem ainda vai ver o filme, preparem-se, é o melhoooooor 007 de todos os tempos...ou não!

30 outubro 2012

Linchem-me, nem quero saber.

Desde que saí de Portugal, mais precisamente, desde que me mudei para Londres, tive que me habituar a conviver com todo o tipo de raças, credos e culturas. Até aí, nunca tive problemas com isso e sempre fui educada no respeito pelo próximo. No entanto, e desde que cá estou, vejo situações e ouço discursos, em que ponho em causa alguns dos valores com que fui educada. Custa-me um bocado estarem sempre a lutar por uma sociedade mais respeitadora quando, aqueles que se queixam da tal discriminação e racismo, são os próprios a fazê-lo.

Desde que cheguei a Londres já senti os meus direitos serem desrespeitados, em relação a outros (normalmente uma "minoria") um bom par de vezes e já me senti alvo de racismo e discriminação (por parte de elementos de uma "minoria") outras tantas. Não me venham com tretas de que temos que respeitar toda a gente, se essa mesma gente não nos respeita. Querem respeito dêm-se ao respeito.

Eu quando me mudei para cá sabia, à partida que ia para um país diferente do meu, com novas regras, nova cultura, novos parâmetros pelos quais eu me iria ter que reger. Sim, EU, aquela que decidiu ir para um país diferente do seu e que assume as responsabilidades de tal decisão.  Como tal, adapto-me!

Pelo contrário, há certas culturas, raças (whatever) que vêm para cá e se acham no direito de continuar a ter os mesmos hábitos e a exercer as mesmas "rotinas" que exerciam nos seus países de origem. E é precisamente aí que, para mim, a porca torce o rabo. Se vens para um país que não é o teu, adaptas-te a esse país, ponto final. É claro que o país em questão pode acolher melhor ou pior os emigrantes, não é essa a questão. Mas não finges simplesmente que só mudaste de casa e que continuas a reger-te pelas mesmas regras do país fim de mundo de onde vieste.

Passando a minha revolta para situações mais concretas:

- Porque é que é ilegal andar com a cara tapada em zonas públicas e as mulheres muçulmanas podem andar de burca?
- Porque é que eu (quase) tenho que ficar em roupa interior nos aeroportos para passar na segurança, e as mulheres muçulmanas podem passar sem nem levantar a burca? ( e isto eu vi, ninguém me contou)
- Como é possível existirem crianças (nomeadamente meninas) que são proibidas de ir à escola?
- Como é possível que ainda se "permita" a circuncisão feminina e os casamentos arranjados aos 10 anos de idade?
- Nunca ninguém processou ninguém por chamar a outro "branco de merda", no entanto, se alguém fizer a mínima referência a qualquer coisa que tenha a mesma cor que a outra pessoa, nem que lhe chame grão de café torrado, leva logo com um processo em cima. Tomaaa, é só para não te armares em racista!
- Os "pretos", não se juntam aos "brancos". Não gostam e não querem. E isto foi-me dito na cara e eu senti-o na pele. Ah e só vão aos "black bars" (seja lá isso o que for, que eu nem sabia que existiam "white bars" e "black bars") 
- Por alma de quem é que a comunidade muçulmana em Londres quer que a Lei Islâmica (Sharia Law*) seja proclamada como vigente e obrigatória na Inglaterra para todos os Muçulmanos?
- Etc, etc, etc...

É por estas e por outras que, apesar de nao me considerar racista, sou revoltada contra a tão proclamada igualdade de direitos. Igualdade? Só se for os direitos dos outros porque os meus já foram desrespeitados muitas vezes.


(é óbvio que isto não se põe para toda a gente, nem para todas as culturas. Há, felizmente, excepções à regra e pessoas que, apesar de não perderem as suas raízes e cultura, sabem adaptar-se e viver de acordo com as regras do "seu" novo país)

*aquela pela qual a religião islâmica se rege e que defende, por exemplo, que as mulheres devem estar todas tapadas, ou que não podem trabalhar, ou então que o adultério tem como pena a morte por apedrejamento, ou ainda que relações homossexuais são puniveis com a morte.

Tenho o coração pequenino...

My dear New York,

I know your going through a difficult time and that you're trying your best to protect the ones that live with you and that depend on you. I just hope you still keep you strength and you beauty after these difficult times. You're a strong "woman", protect the ones that choose to stay with you.

I hope to see you soon, always big, always beautiful.

26 outubro 2012

Ponto da situação...

10 dias de reclusão e 4200 palavras escritas. Neste momento estou assim

22 outubro 2012

Falta muito p'ra Dezembro?

E porque já estamos "quase" no Natal, a árvore já está fora do sotão, encostadinha ali a um canto e eu já estou em pulgas para abrir o caixote e decorar esta casa toda com bolinhas e fitinhas e luzinhas. Ai que gosto tanto do ambiente Natalício :D

18 outubro 2012

A Amazon e eu, eu e a Amazon...

Desde que descobri as "maravilhas" das compras online não quero outra coisa.

Atão não é que comprei um livro técnico por £0,96 (1,10€ +/-) que nas lojas (online e outras) custa à volta de 40 a 60 euros?? Na altura fiquei um bocadinho desconfiada, confesso. Claro que o livro é usado (e vinha com essa informação) e então pensei cá com os meus botões: "deve vir todo riscadinho, coitadinho, a faltarem páginas e com um mancha de café enorme". Mas não, para meu gáudio e alívio cá chegou o livro e completamente perfeito, imaculado na sua essência.


É que nem um risquinho tem. Estou maravilhada :D


16 outubro 2012

O plano está traçado

E de manhã é que começa o dia. Quer dizer, pra mim só começa as 9:30 que é a hora a que o despertador toca, mas isso não interessa nada (como diria a teresinha). Ontem foi dia de regressar à universidade e iniciar oficialmente a parte chata do MA: ler e escrever que nem uma louca. Pois que trouxe 10 livros e fotocopiei outros tantos, pelo menos leitura não posso dizer que me falte, agora a vontade de ler é que já não sei.
Talvez por isso mesmo hoje tenha tido um sonho para lá de horrivel. Atão não é que sonhei que tinha chumbado no MA??? E com um enorme Não Satisfaz.... Acho que quando me der a preguiça ou o desespero vou-me agarrar ao que senti naquele sonho para me dar forças e continuar.
Sendo assim, o plano está delineado: 8 horas por dia (das 10 às 18) e não trabalho aos fins de semana (só mesmo em último caso). Ainda me faltam 7 meses por isso acho que o meu plano não é mau de todo, tendo em conta que eu quero ser uma pessoa minimamente saudável no fim de todo este processo.
Até dia 8 de Maio assim será...

12 outubro 2012

Carta a ti...

Minha querida TAP, podes continuar a fazer as promoções que hoje me trouxeram de volta a Londres. É que eu já não me lembrava de ter feito uma aterragem tão suave como a de hoje. Imagina tu, o hábito é tanto, que eu até me agarrei ao braço do assento com uma mão e segurei nas costas do banco da frente com a outra, só à espera daquele embater estrondoso aquando das aterragens da Ryanair. Ahh e fora isso temos a ausência da músiquinha, o que, por si só, já é um regalo.
Portanto, enquanto tiveres o discount fare, tens uma cliente/passageira fiel.
Um bem haja e até á próxima.

10 outubro 2012

Quanto mais depressa mais devagar...

E hoje o dia podia estar a correr melhor, podia. Acabei de mandar o carro para a oficina. Troquei o combustível ao bicho e diz ele que não gosta cá de trocas e baldrocas. Ai é o que dá a pressa. Agora espero (e desespero) até as 5 da tarde, quando, a esta hora, já devia era estar no Porto. Não há condições Onisa Maria.

Decisões médicas

Decidi tomar as vacinas contra o HPV. Nunca se sabe o que a vida nos reserva e mais vale prevenir do que remediar. A vacina que tomei é a Cervarix e, infelizmente, apenas protege contra 2 das estirpes do vírus. No entanto, e porque agora são comparticipadas (cada dose fica 45€ e são 3 doses), pareceu-me um bom investimento. O pior é ter k ser injectado. É que eu detesto agulhas e pareço uma menininha de 5 anos, mas pronto. Agora já só faltam mais 2 e já fico mais protegida contra esse mauzão que leva a vida de tantas mulheres.

08 outubro 2012

Seja o que Deus nosso senhor quiser

E hoje é dia de decisões radicais. Vou radicalizar por estes lados. Tornar-me extremista. Agora é que vai ser ;)



Adenda: Cortei o cabelo! Isto é o máximo do radicalismo p'ra mim, acreditem. Ficou mais ou menos assim e eu estou radiante de contente.

07 outubro 2012

S. Martinho Londrino

Hoje fui apanhar castanhas para levar comigo e fazer o belo do Magusto Tuga em terras londrinas. Em 2 horas apanhamos sensivelmente 8 kg de castanhas. Nada mau, digo eu. Claro que não vou levar estas castanhas todas, mas 2 quilitos não me escapam. Isto é que vai ser comer castanhas que nem um abade :D

01 outubro 2012

Blah blah blah...wiskas saquetas

Não, não tenho nada assim "mega bafônico" para contar. (E sim, eu vejo novelas quando estou em Portugal, não há como lhes fugir). Mas a verdade é que não tenho feito nada de especial, a não ser pesquisar pá tese, investigar pá tese, ler pá tese, escrever pá tese, reunir pá tese.....ai estou tão farta da tese. "Portantos", e até ordem em contrário, as notícias aqui no staminé serão parcas em qualquer tipo interesse. Imaginem que até ponderei fazer um daqueles desafios das fotos e tudo, só para ver se a coisa anima e eu distraio a minha cabeça. Mas não, o mais provável seria eu nem sequer chegar a pôr a primeira foto, por isso, vamos ficando pelas noticias fracas e pelos posts sem interesse nenhum.

25 setembro 2012

Extra workload...

A minha agenda está um caos. Acho que vou ter que reduzir às horas de sono se quero ter tudo "pronto" antes voltar p'ra Londres.

21 setembro 2012

Das coisas que me conseguem tirar do sério

Há coisas que eu não percebo e que até me provocam uma certa revolta interna, confesso.

Como é possível deixar um grupo de crianças (pré-escolar) sentado no chão durante 1:10hr, sem que possam fazer aquilo que lhes é destinado: BRINCAR! 

Não percebo, juro que não!

20 setembro 2012

Ai vida que passas a correr

Esta vida anda tão corrida que nem tive tempo de assinalar os 10 anos desde a minha entrada na Universidade (a do Minho, claro).

Rezavam os 17 dias do mês de Setembro de 2002 e eu lá fui, completamente à toa, viver a melhor experiência da minha vida até ao momento. Desde o 1º ano de caloira, ao momento em que trajei pela 1a vez, à missa de finalistas, foram anos que não se esquecem e no qual fiz amigos prá vida. Por isso, a mim e às minhas Marias, Feliz Bodas de Estanho ;)






17 setembro 2012

Ha que relativizar e ouvir os passaros a cantar.

Sabem o que foi agradavel este fim de semana? Mas assim mesmo mesmo agradavel? Ora, foi o disco interno do meu portátil ter morrido. Mas tipo, morrido de vez, sem pré-aviso ou hipótese de salvação. Nao da nada, rien, niente, fez kaput e capotou de vez, o ingrato.

Digamos que tal facto desastroso poderia ate nao ter qualquer significado na minha vida. Afinal, o que eh um computador na vida de uma pessoa? Uma coisa insignificante, pois ta claro.

Pois ta claro o tanas... eu ate poderia pensar assim e realmente estar nesse estado de alma zen, podia, mas isto so aconteceria se EU NAO TIVESSE QUASE TODO O MEU TRABALHO PARA O MESTRADO LA GUARDADO!!!

Ufaaa, tou mais alibiadinha. Assim que possivel prometo voltar a relativizar o sucedido e a minha desgraca.




(Sera que foi castigo do santinho de Santiago? Eh que eu fui la e nao lhe dei uma cabecada. Caracas, pa proxima leva uma carrada delas!)

15 setembro 2012

Somos todos Portugal!

Só mais uma palavrinha, não é por ser "emigrante" que não torço pelo meu País, pelos que cá estão e continuam a lutar por um Portugal melhor. Eu, feliz ou infelizmente tive/pude sair em busca daquilo que Portugal não tinha para me dar: um trabalho e uma vida digna, sem ter que contar os tostões até ao final do mês. 

Enervam-me aqueles que dizem que fugimos da crise, que somos covardes e que quem cá fica é que se lixa. Enganam-se e muito. Quem está fora sofre, sofre pelos seus, sofre porque são sabe se o seu dinheiro vai chegar para comprar o pão do dia seguinte, sofre por ver o País que ama a definhar a pouco e pouco. Não somos covardes, somos apenas mais um que tenta (e)levar o nome de Portugal através do seu trabalho lá fora. Lutamos e sofremos, ainda que de forma ausente, como qualquer português.

Deixem-se lá de dedos apontadores e bora trabalhar pó mesmo.

As manifestações

Acredito que estas demonstrações de desagrado são mais do que necessárias, são mesmo vitais para mostrar aos nossos governantes que o povo está cansado de pagar a factura sozinho. A dívida é de todos, sim senhora, mas não vejo cortes na despesa, não vejo os ministros sem motorista ou sem carros privados. Continuo a ver o esbanjar do dinheiro que o povo, tão dificilmente, está a entregar ao estado. Isso é que me irrita. Não é a austeridade em si, porque já todos sabíamos que vinha aí tempestade. Foram 20 anos de bonança, meus amigos, e a mama da UE ia ter que acabar.

Acredito que quem deve tem que pagar, mas gostava de ver TODA a gente a contribuir da mesma forma. Estas medidas são simplesmente ridículas e não resolvem em nada a situação do País. Apenas torna os pobres mais pobres e os ricos mais ricos. Só em jeito de curiosidade, a SONAE vai arrecadar 7 milhoes, MILHOES, de euros por ano com a descida da contribuição para a segurança social. Com esse dinheiro vão contratar mais gente? Vão o caralho...

Gosto de ver os Portugueses unidos, acredito nesta causa e acho que temos que lutar pelos nossos direitos.

07 setembro 2012

...

Há dias em que só me apetece desistir, e hoje é um deles.

04 setembro 2012

Oh Sr. Martins, ganhe vergonha nas trombas...

Os senhores do Pingo Doce estão a começar a tirar-me do sério. Obrigarem-me a ir levantar dinheiro para fazer um pagamento só porque este era inferior a 20€?? Devem estar a gozar comigo. Quando a menina se vira pra mim e diz "ahh, agora só em compras superiores a 20€, mas tem ali um multibancozinho, é so levantar e vir pagar que eu espero". Pois sim, que eu vou já. Sorri, agradeci a amabilidade da menina, e disse-lhe "sabe, hipermercados há muitos" e vim embora. Eu sei que a pobre da funcionária não tem culpa nenhuma, mas a verdade é que saí dali direitinha ao Continente, fiz as minhas compras (e até poupei dinheirinho, porque os artigos eram mais baratos), não tive que comprar os sacos e senti-me bem comigo própria, qual revolucionária, a ir contra estas medidas prepotentes de quem tem o poder nas mãos. Só lá vai quem quer, e eu, não vou mais, "prontos".

03 setembro 2012

Ora vamos lá outra vez...

Estes dias passaram tão rápido, que eu tenho a sensação que cheguei cá ontem.  No entanto, e como tudo o que é bom acaba rápido, cá vou eu novamente a caminho do nosso Portugalinho e agora é que a coisa vai ser a doer. Espera-me muito muito trabalho mas eu estou desejosa de começar esta nova fase e sentir-me uma investigadora "a sério". Até já então!

31 agosto 2012

Das coisas das amizades

Podia falar aqui (ate porque ja pensei em o fazer) daqueles que me falharam quando precisei, daqueles que se esqueceram que eu existia, dos que me magoaram com a sua indiferenca, dos que so falam quando lhes interessa ou mesmo dos que simplesmente foram desaparecendo naturalmente da minha vida. Mas nao vale a pena perder dar tempo de antena ou meter o dedo em feridas que (ainda) doem.

Eh bem mais preferivel falar dos que temos e dos que interessam. Nesta vida vida eh bom quando contamos pelos dedos de uma mao os amigos que temos. Esses sao, provavelmente, aqueles que nos darao uma caralhada e um raspanete bem dado e na hora certa mas que, no momento seguinte, nos farao sorrir com as coisas mais parvas e infantis que podem existir. (a historia da "vaca la fora" continua a fazer-me rir as gargalhas - sorry private joke). Aqueles com quem fazemos "dog-pile" logo pela manha, sem querer saber das horas ou se dormimos pouco, aqueles que em tua casa abrem o frigorifico sem cerimonias e comem o que houver, (e eu adoro isso), aqueles com/a quem trocas/emprestas "merdas" e depois ja nem sabes o que eh teu e o que nao eh e quando vais dar por ela tens um cd, um pasta de arquivo ou uma camara fotografica encostada em casa ha 3 anos, mas que nao eh tua.

Desses amigos eu gosto. Desses amigos sem cerimonias e sem papas na lingua. Desses amigos que te respeitam mas sabem que tem um lugar na tua vida para dar opinioes sinceras e serem ouvidos. Que se desviam do seu caminho pra te fazer feliz. E eu sou tao sortuda porque tenho 2 desses amigos, de quem me orgulho, que cultivo com muito carinho e por quem vou ao fim do mundo. Sao diferentes amores na minha vida, mas cada um tem o seu lugar, o seu tempo e o seu espaco. Ficar sem um deles, nem sei, nem sei...

Dias de Sol

E eis que, a poucos dias de voltar a Portugal, Londres me agracia com este dia maravilhoso de Sol. Ate deu para estrear o terraco e tomar um pequeno almoco delicioso a levar co o sol nas trombas e tudo, ah pois eh. (perdao pela falta de acentos, mas aqui eles nao sabem o que isso eh)

21 agosto 2012

De volta a casa

Porque, agora, é lá que me sinto bem, em casa, os próximos 15 dias serão passados em terras de Sua Majestade. Can't wait :D

19 agosto 2012

O resumo das férias

E de volta ao Norte, as nossas férias foram fantásticas. Os dias de praia foram de descanso e relax, a aproveitar os amigos e a família emprestada. Com palavras de ordem de morrer de riso, mergulhos em água gelada (mas que souberam que nem ginjas) e marisquinho do bom. Venham mais dessas que eu não me importo nada.

Depois da praia, foi finalmente tempo de conhecer Lisboa em condições. Fomos a uma casa de Fados (que adorei), corremos aqueles bairros tão peculiares e comemos e bebemos como uns alarves. É que nem foi brincadeira. A dieta é que sofreu coitadinha, que eu não conseguia resistir aquelas coisas deliciosas. Só num dia foram 3 pastéis de nata (guoooorda). Já agora, e só em jeito de meter nojo, aqui fica um exemplo dos nossos repastos de fim de tarde.
(Para quem gosta de vinho verde branco aquele ali é o Allo e é uma delícia. Mix de ALvarinho com LOureiro - daí o nome Allo -  da região de vinhos de Melgaço e Monção e eu recomendo vivamente)

Agora é tempo de rumar a Londres por uns dias e matar saudade da minha casinha Londrina. Dizem que o tempo por aqueles lados está maravilhoso. Vamos ver o que me espera.

14 agosto 2012

Traidora me confesso...

E mesmo eu que não ligo nada a pastéis de Nata (ou pastéis de Belém para os mais ferrenhos) tive que comer um e deliciar-me com aquela maravilha da gastronomia Portuguesa. É que aqueles são mesmo bons, pá!! Dos outros não sou capaz de comer um, e daqueles marchavam já 2 seguidos. Hoje vamos lá outra vez, claro, que pastéis de Belém daquela qualidade só mesmo ali.


05 agosto 2012

Meu querido mês de Agosto

E depois de 2 idas seguidas ao aeroporto, e com um intervalo de apenas 12 horas, finalmente tenho cá as minhas pessoas. Agora é só aproveitar o tempo que nos é concedido, apanhar muito sol e ir muito à praia. Tese em stand by, que eu também preciso de férias e mimos e abracinhos e amigos e caipirinhas ;)

'Té logo

02 agosto 2012

Bota dieta

Desde que cheguei a Portugal, decidi que tinha que emagrecer (ter ido experimentar um bikini e ter-me visto naqueles espelhos enormes que mostram a "guerdura" toda também não ajudou, prooontes). Pois bem, depois de ter ganho motivação p'rá coisa toca de fechar a boquinha a tudo o que é gordo (e maravilhoso). Algumas pesquisas no querido Google deram origem à minha dieta personalizada por mim própria: nada ou quase nada de arroz, massa ou batatas, nada de pão (aqui é que a porca torce o rabo) e muitos, mas muitos verdes, peixinho e carnes brancas. A verdade é que a coisa está a resultar e, tirando alguns pecaditos (eu mereço, tá) já perdi 4 kgs num mês. Não me proíbo totalmente de comer coisas de que gosto, até porque dava em tolinha e o efeito seria exactamente o contrário, mas faço-o com mais consciência e sabendo controlar o ímpeto (já não como 3 croissants mistos por dia, vá). 

Comigo o truque passa por ter sempre umas bolachinhas tostadas tipo Maria à mão (têm poucas calorias) e comer várias vezes ao dia (eu como 6 vezes). Passar fome nunca passei até porque comer é um dos prazeres da minha vida, mas como menos de cada vez e sinto-me perfeitamente saciada.

O que eu sei é que me sinto muito melhor comigo própria, gosto de me ver ao espelho e a auto-estima está nos píncaros. Ainda me faltam 2 quilinhos para chegar ao meu objectivo e a partir daí é só ter cuidado e manter a linha. Espero eu.

31 julho 2012

A cena dos JO

Faço minhas, as suas palavras....

Fico triste pelos atletas Portugueses, porque sei bem o esforço e sacrifício que fazem durante tantos anos para se prepararem para este momento, mas enquanto o apoio e incentivo ao desporto em Portugal for o que se verifica no momento, a coisa não vai pá frente, não vai não.

No entanto, força a todos os que lá estão e só espero que se sintam bem consigo próprios por terem dado o seu máximo.

Ser ser....

Era um beijo repenicado, sorvendo os momentos que nos restam e a saudade que teima em ficar em nós.

Sinto-te a falta....

22 julho 2012

Dois pares de estalos pá...

Fixe, mas mesmo mesmo fixe, é ter ficado sem nenhum dos 4 supervisores/orientadores do Mestrado mesmo antes de dar início à investigação. O que eu gosto desta Universidade, vocês nem imaginam. Eu sei que eles já não serviam p'a grande coisa, mas ao menos lá iam respondendo aos emails (quando não estavam ocupados a cortar as unhas ou a lavar os dentes).

Haja paciência para tanta incompetência, xiça! (até rimei carai)

20 julho 2012

O podeeeeer da tv

2 meses de Portugal e já não passo (outra vez) sem as novelas. Esta "porcaria" é mesmo viciante, pá.

Das coisas que não interessam a ninguém...

Eu sou um perigo na estrada. Danço, canto, bato palmas, é a loucura total ao volante (mas sempre com muita responsabilidade que o bolinhas merece bom tratamento). Mas se há coisa que gosto de fazer é ouvir música enquanto vou a conduzir, e de preferência daquela bem mexida e em decibéis não recomendados. É que dá-me mesmo gozo.

18 julho 2012

É pá, rais parta o Relvas...

Eu não queria mesmo nada falar da polémica do Relvas, mas há coisas que têm que ser ditas. Que me desculpem os mais revoltados com a situação e que estudaram e queimaram as pestanas durante 4 ou 5 anos (porque eu também o fiz), mas isto não passa de uma "hipocrisia" desmedida. 'Tá bem que o senhor não estudou pra ter a licenciatura que tem, 'tá bem que há muito mais gente qualificada que podia muito bem ocupar dele, mas ele não é o único a quem isso acontece. Aliás, neste momento, está a ser estudado um protocolo europeu que vai permitir conceder AUTOMATICAMENTE o grau de Mestre a TODOS os licenciados pré-bolonha. Ora bem, pondo de parte as criticas ao processo bolonha (e são tantas e tantas), quem quiser vai poder requerer a sua nova qualificação sem nunca ter participado de uma aula de Mestrado, e portanto, sem se ter especializado numa área concreta. Ou seja, eu, que nunca me candidatei, frequentei ou terminei um Mestrado na Universidade do Minho, vai-me ser concedido um papel que declara que eu o fiz. E isto será legal e feito por Universidades Públicas.

Se é justo? Será mesmo um papel que traduz a real capacidade do trabalhador? Pode ser que sim, pode ser que não. E contra mim falo, se calhar mas, honestamente, o que interessa é se a pessoa faz um bom trabalho ou não.

Eu sei que os novos Mestres pós-Bolonha também não saem especializados como saem os que fazem um Mestrado normal (eu sei, acreditem) mas isso já é culpa de quem reformulou os cursos e de quem quis instituir uma "Europa do Conhecimento" que não se traduz em nada mais do que uma Europa com mais Mestres (mais qualificados no papel) mas nem por isso uma Europa com mais conhecimento ou capacidades.

Pá, é chato e revoltante, eu sei, mas, caso não tenha existido suborno, o homem só fez aquilo que o sistema lhe permite fazer.


17 julho 2012

De como eu podia ter esta vidinha 365 dias/ano ehehe...

E o melhor, mas mesmo mesmo melhor, depois de um dia inteiro na piscina com temperaturas acima dos 35ºC, só um banho bem fresquinho e besuntar-me de creme hidratante. Adoooooro o Verão!

(Desculpem-me os moradores nos países-que-não-sabem-o-que-é-verão, eu juro juro que não estou a tentar meter nojo. O meu regozijo é real e sincero, prometo)

15 julho 2012

If you are going, to San Francisco....

E depois de algumas horas (aí umas 6 ou 7) a ver fotos, pois tá claro que me deu a saudade e o sentimentalismo. O álbum em causa no post anterior, retrata as minhas (nossas) férias de 2010. Entre muitos sítios (foi um verão muuuuito corrido) regressei a São Francisco.

São Francisco é daquelas cidades onde eu me vejo a morar. É jovem, dinâmica, interessante. É uma metrópole bem ao meu gosto. Digamos que já lá fui um bom par de vezes e há sempre alguma coisa nova para descobrir. Adoro aquelas ruas virtiginosas, aquele sentido de liberdade e respeito pelo próximo (não é à toa que é a capital gay do USA), a baía e a praia mesmo à porta de uma cidade que não pára mas que ao mesmo tempo nos dá a sensação de paz e sossego, os parques (imensos) onde se pode passar um dia bem passado apenas no mimo e aconchego.





São Francisco, São Francisco, não fosses tu tão longe (e não tivesses esse micro clima parvo) quem te chamava um figo era eu.

Há coisas de que gosto....

E uma delas é fotos. Adoro fotos. Que me tirem fotos, entenda-se. Também gosto de tirar mas aí a paciência já não é tanta como para posar e fazer cenas em público. Até tenho uma daquelas máquinas com lentes xpto (e que até sei usar, diga-se), mas naaahh, não tenho grande paciência.

Ora bem, posto isto, hoje acabei de fazer o meu 3º álbum digital. Adoro poder guardar assim as recordações e não apenas no computador. Parece que fica tudo mais real, mais perto de mim. Quando quero, toca a abrir os meus "livros de recordações" e matar saudade das minhas pessoas, dos meus lugares e das minhas memórias.

10 julho 2012

My first publication :D

Ando muito fraca de palavras. Se calhar estou a gasta-las todas na tese e não me restam muitas mais, não sei.

Mas hoje estou contente. O meu primeiro paper está quase pronto e o meu nome figura ao lado de um dos nomes mais proeminentes na educação pré-escolar em Portugal. Fiquei orgulhosa e babada com a minha pessoa, pois tá claro.

Fora isso, já se fez um bocadinho de praia, já se aproveitou muito bem o tempo para receber miminhos bons e já se voltou a sentir saudade. Agora é voltar ao trabalho e a enfiar-me nos livros por mais um mesito.

'Té logo...

29 junho 2012

Das coisas do MA...

As primeiras 500 palavrinhas estão escritas. Agora já só faltam 19500.

Estive a fazer as continhas e, se escrever 500 palavras por dia, ao fim de 2 meses tenho a tese escrita. Pena é que vou demorar 4 meses a recolher os dados. Se não fosse isso (e as férias pelo meio) tínhamos uma Mestra em menos de nada.

Mal posso esperar pelo dia em que entregue esta descomungada nas mãos dos professores. Nesse dia vai ser festa da rija, ó se vai!

26 junho 2012

Colorzinho bom :D

Se estou incomodada com os 39º que se fizeram sentir hoje em Braga? Se acho que isto é calor a mais? Mas tá claro que não! Eu gosto é de calor e gelados na esplanada e pés ao léu e passear à noite sem casaco.
Venham muitos dias de 39º que eu não me incomodo nadinha :D

(Já agora, quem disser que é calor a mais é uma maça podre e cheia de bicho. Tenho dito)

24 junho 2012

Uoooolha o S. Juonheeee!

Ontem foi dia de churrascada.
Este é um dos costumes k eu mais gosto no ano, mas só porque é na vivenda R. Tivemos muita carne, muita salada, muito vinho fresquinho e muita sardinha (apesar que só o cheiro já me dá náuseas).
Há 10 anos que é assim e que se mantenha por mais 10.

Os nossos anfitriões são liiiiiindos.



19 junho 2012

Cumpra-se a tradição!

Este fim de semana promete. A minha Maria chega e com ela chega o Sol :) Vamos ter churrascada, esplanadas, festança e, quem sabe, um pezinho de dança. Tava mesmo a precisar de rever os meus e sentir-me um bocadinho mais em casa. Os estudos param Sexta e só serão retomados lá pa 3a ou 4a, ainda não decidi bem. Depende do S. Pedro ;)

16 junho 2012

MA....

Já tenho a "cover page" (capa?) da tese pronta. Temos que começar por algum lado e ao menos a bicha já tem nome. E olhem que até é pomposo. Agora é começar a encher as páginas com teoria chata chata.

"You'll never beat the Irish"


Tendo 1/3 do meu coração "preso" em Dublin estava, de facto, a torcer para que os "meus" Irlandeses pudessem baixar a crista aos Espanhóis (essa gente que m'inerva). Como não foi possível, adorei a forma como apoiaram a equipa até ao fim, como continuaram a acreditar e a transmitir confiança naqueles que, no "campo de batalha" continuavam a lutar. É isto que eu gosto nos Irlandeses. Esta forma festeira com que vivem a vida. Faça chuva ou faça sol, há sempre festa, animação e alegria. Ahh e o facto de darem a um jogo de futebol, o exacto valor que ele tem.

Caso alguém tenha curiosidade em saber o que eles cantavam a plenos pulmões, com toda a cagança, pujança e orgulho nos seus "guerreiros" aqui fica o vídeo com a respectiva letra.

 
(O Irish folk é liiiiindo e eles têm tantas músicas maravilhosas)





11 junho 2012

Que sódades eu tenho do meu tempo de trabalhadora e pagadora de impostos

 


Estou entre Grounded Theory, Action Research e Case Study.

Não vos diz nada? Pois, o pior é que a mim também não. Acho que vou lançar a moeda ao ar e ver quem ganha. 'Té já.




(Era nestas alturas que ter uns orientadores de jeito dava jeito, não era? Damn you!)

10 junho 2012

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades

O Dia de Portugal e, principalmente, das comunidades portuguesas, ganhou um sentido e gosto muito especial desde que escolhi vivi fora do nosso País. Este dia é imensamente vivido lá fora e, infelizmente, em Portugal nem se dá grande importância. Por todo o mundo hoje celebra-se o nosso país e a nossa cultura, por todo o mundo os portugueses juntam-se à volta de uma mesa (claro, tinha que ser) e convivem e matam saudade dos sabores familiares e falam a nossa língua e celebram o orgulho de ser Português.

Como emigrante (e detesto esta palavra) aprendi a dar valor a estas pequenas coisas que, estando em Portugal, também eu nunca dei. Ganhei ainda mais consciência de como Portugal é lindo, de como os Portugueses são pessoas solidárias, de como a nossa comida é maravilhosa e de como temos dos países mais seguros e com qualidade de vida da Europa.

Eu sei que, neste momento, estamos a atravessar uma fase muito dura, muito complicada da nossa história, mas elevemos o espírito e celebremos este povo forte e que dá a volta a tudo. Celebremos o nosso País e lutemos pelo que (ainda) temos. Esqueçamos, ainda que por um dia, o que nos assola, e junte-mo-nos para cantar, dançar e sorrir.

Hoje, onde quer que seja, celebremos Portugal.

09 junho 2012

Tracking my spirit...

Há uns dias estava assim...





                                   





Hoje posso dizer que já subi uns degrauzitos...


08 junho 2012

Anti-stress...

Hoje cheguei a casa e fui jardinar. Transplantar plantinhas, mexer na terra, semear florzinhas da época, regar e enxertar, enfim, estive distraída durante um bom pedaço e soube-me mesmo bem tirar a cabeça dos livros e dos "problemas".

Acho que descobri o meu anti-stress... :D

07 junho 2012

Ponto da situação

As coisas encarreiraram, aparentemente, e espero bem que seja desta. É que os meus níveis de ansiedade já atingiram o limite pró resto do ano.

Agora é trabalhar muito muito e agradecer aos céus o facto de estar um tempo medonho.

05 junho 2012

First tears are gone.....

04 junho 2012

Será desta?

Vê-se luz ao fundo do túnel. Se é o que gostaria? Não. Mas já o ditado português dizia, "quando não há pão até migalhas vão". Tenho que me conformar com a realidade das coisas e aceitar esta decisão. No fundo no fundo, já só penso é em acabar isto. Bora lá trabalhar....

30 maio 2012

Das histórias de encantar...

Há certas pessoas que têm uma imaginação tão, mas tão fértil, que nem o sonhador Almeida Garret conseguiria igualar.
Das perguntas da minha vida, esta era a que eu gostava de responder neste momento...mas tá difícil!

29 maio 2012

Férias? Férias? Vai masé trabalhar malandra!

Mas porque é que as pessoas têm que ir de férias, logo quando eu preciso delas?? Expliquem-me lá. Arre Maria....'tá tudo contra mim!

;)

É tão bom quando ainda me fazes sorrir à parva, sem motivo aparente nenhum, e eu pareço uma retardada só porque sim.

27 maio 2012

Das coisas do MA...

As coisas nem sempre correm como esperamos e por vezes a vida dá-nos volta com uma pinta que é preciso acreditar mesmo muito no que estamos a fazer e no que queremos p'ra não ficarmos virados do avesso.

Resumidamente, as coisas não correm sobre rodas ou como eu sonhei que correriam. Neste momento não tenho investigação e as coisas começam a apertar valentemente. Já desesperei, já levei as mãos à cabeça e pensei desistir, já berrei comigo própria por ter cometido erros tão "parvos" e já passei noites em branco a olhar para uma folha de papel em branco, sem conseguir escrever uma única palavra ou ter uma única ideia. No entanto, eu acredito que quando se fecha uma porta abre-se sempre uma janela - eu sei, eu sei, muito cliché, mas é verdade - portanto agora é só ver onde é que este impasse me leva. Alguma coisa há-de surgir e eu vou fazer isto. Ai se vou!!!

23 maio 2012

De terras lusas

Sinto falta da minha casa. É só!

(Apesar que estão 25° e eu estou a adorar)

16 maio 2012

33 kgs...

E as malinhas estão prontas e eu continuo numa de nem sei o que sinto.... Enfim, coisas de mulher!!

Também é só pa "dezer" que a malinha "piquena" "só" tem 10 kgs em livros. E o que é que isso interessa??? Pois, isso significa que tive que deixar sapatos p'ra trás, não há condições! Meus ricos sapatinhos...

Agora tenho mesmo que ir a Portugal porque o Beirão já acabou....

Enjoying my last days in London....

 

15 maio 2012

Portugal do meu coração!

A 2 dias de voltar a Portugal e estou numa angústia que não posso. O estrangeiro (desta vez Londres) passou a ser a minha casa e Portugal apenas um destino de férias para visitar a família e alguns amigos (poucos, muito poucos) que me restaram. Cada vez me sinto mais em casa fora do meu país (que adoro de paixão!) mas que, para mim, deixou de ser sinónimo de home-sweet-home.

Este regresso a Portugal será apenas provisório (eu sei) mas também sei que me vou sentir como peixe fora de água. As rotinas e as pessoas já não são as mesmas. Braga não terá a mesma piada sem a minha Maria  e sem as nossas loucuras e desvarios (apesar de ainda ter lá alguns amigos), o meu pilar não estará ao alcance de um abraço apertado nos dias maus e mesmo a família já lá não se encontra. Vou ter muito que me adaptar a uma nova realidade que já não é a minha há algum tempo.

Mas, por outro lado, estou entusiasmada. Terei o Sol (ai o sol) como companhia e os cafés e as esplanadas, o sobrinho mais lindo do mundo vai estar ali pertinho p'ra lhe dar muitos muitos beijos repenicados, a Mãezinha vai fazer almoços de Domingo com tudo aquilo que eu gosto e.....vou poder voltar a conduzir, yey!!


Enfim, whatever will be will be....


12 maio 2012

Contentinha contentinha

2 meses antes e já tive direito ao meu presente de aniversário.

Conferência aqui vou eu!!!

08 maio 2012

A saga da casa nova parte III

O fim de semana das mudanças acabou, finalmente. Tenho a dizer que foi algo duro, mas, apesar de termos uma carrinha Transit (das graaaaandes) completamente atolhada de tralha de ponta a ponta, de ter apanhado uma valente constipação  e de ter torcido um pé, estamos vivos e o palácio bastante compostinho. Faltam só uns últimos detalhes de decoração e fica tudo operacional :D

Agora vem a parte pior, fazer as malas pró regresso temporário a Portugal. Não sei porquê mas alguma coisa me diz que só vou levar livros e sapatos...

04 maio 2012

A" revolta" de quem ainda não experienciou temperaturas acima dos 20ºC em 7 meses...

A sério Portugueses?? A sério???

Se está sol é porque está sol, é porque este calor não se aguenta, ai isto não é tempo para esta altura e a chuvinha faz tanta falta. Agora que começou a chover (há praí 15 dias, 1 mês vá) já estão que não podem com a chuva e porque fico tão deprimida e estou farta deste tempo e o sol que nunca mais chega!!

Vocês decidam-se, a sério! Raio de povo descontente com a vida que leva, irra!

02 maio 2012

Eu tenho 2 amores, tanana tanana...

As minhas aquisições dos últimos tempos,


Gosto tanto das minhas sandálias novas. E os meu livrinhos?? Upa upa. Só não sei como vou fazer prós levar comigo p'ra Portugal, mas não há-de ser nada.

29 abril 2012

O preço da educação!

Fiquei ontem a saber que este ano uma das melhores (e maiores) conferências internacionais sobre Educação Pré-escolar vai ter lugar na bela cidade do Porto. Até alguns dos meus professores cá da universidade vão ser oradores e apresentar os seus papers, além de outros que já o foram no meu tempo de estudante da UM. E agora penso eu: Caraças, em Portugal, a meia hora de carro e durante o período em que lá vou estar?? Marquem o meu lugar que estou lá batidinha. O pior foi quando vi o preço para assistir à conferência. Até me caíram aqueles que eu não tenho, senhores! Mais precisamente 450€!!! Tudo bem que são 4 dias de conferência, onde vão estar os top star mundiais e que ainda por cima o tema deste ano tem tudo, mas TUDO, a ver com o meu tópico da tese, mas 450€ são 450€!!!

Não por aí nenhum benemérito, mecenas, investidor em capital humano? Agradecida!


27 abril 2012

MA first phase - check

A sensação de dever cumprido é tão boa! Agora vou só ali enfrascar-me um bocadinho e já volto...

24 abril 2012

Saga da casa nova parte II

Isto de alugar casa em Londres tem muito que se lhe diga. Não é nada como em Portugal, em que há um fiador, pega lá a assinatura e o dinheiro e já está. Naaaahhh, aqui só não nos entram pela casa adentro (na que ainda vivemos) para espreitar por baixo da cama e atrás dos móveis porque não têm a chave.

Eles confirmam tudo, senhores, tudo! Confirmam as referências de onde moramos antes e onde estamos a morar agora, ligam para o banco para saber o saldo bancário, quanto entra por mês, quais as despesas mensais que temos, etc, ligam para a entidade patronal para saber o "carácter" da pessoa, querem saber as pensões e os investimentos.....enfim, isto é quase como comprar casa. E no fim, nós é que temos que andar atrás deles para finalizarmos o processo porque mudamos daqui a 15 dias e ainda não temos o contrato assinado.

Haja paciência...

18 abril 2012

Seriously???

Isto é que vai uma guerra no mundo da blogosfera. E o que eu me rio com isto! É de ir às lágrimas senhores, às lágrimas!

Meta cumprida :D

Estou mesmo orgulhosa da minha pessoa. Em 3 dias acabei os meus trabalhinhos e estou livre para aproveitar o fim semana com as minhas meninas do CAUM. É uma sensação de alívio, ufaaaaaaaa....

16 abril 2012

Corre, corre formiguinha!

Estou com o cérebro em água e nem consigo pensar direito. Este fim de semana nem vi a luz do dia. O que vale é ao menos valeu a pena e consegui manter as minhas metas. O trabalhinho está feito e agora é passar para o próximo.

)Tenho mesmo que dar aos calcanhares porque as próximas semanas não vão ser "pêra doce". Ele são trabalhos para acabar, apresentações para fazer, visitas para receber (e ser uma anfitriã pelo menos decente), fazer mudanças (com TUDO o que isso implica) e preparar as coisas para o meu regresso provisório a Portugal, parece que vou andar outra vez a correr de um lado para ou outro. Ai!

Agora vou só aproveitar a minha meia tarde de folga para não fazer NENHUM. Volto já....

12 abril 2012

A saga da casa nova parte I

Procurar casa em Londres é o medo. Primeiro, é raro aparecer alguma coisa de jeito, depois, é tudo caríssimo e por fim, as agências são tipo sanguessugas. É irritante mesmo. Vais ver uma casa e quase que te enfiam as chaves pelo bolso adentro. ME-DO 

Vimos de tudo. Desde casas maravilhosas mas para as quais não havia orçamento, a outras em que os amiguinhos roedores deviam ser inquilinos permanentes. Felizmente, em 2 dias (o que foi um record), conseguimos arranjar uma casinha maravilhosa e a 5 min A PÉ do centro da cidade. Eu estou maravilhada! Por isso, nos próximos tempos, voltamos a encaixotar, limpar, encaixotar, limpar. Qualquer dia começo a fazer das minhas mudanças um negócio rentável.

Paris de France

P'ra mim, Paris é uma das cidades mais bonitas da Europa. É óbvio que (ainda) não as conheço a todas, mas aquela cidade tem uma beleza fora do normal. Eu não sei se é a arquitectura dos edifícios, se o rio no meio, se as pontes maravilhosas, só sei que gosto bastante de lá ir. Da outra vez foi assim mais à maluca e dançar nas ruas e fazer tudo aquilo que nos apetecesse (afinal ninguém nos conhecia) e eu adorei a viagem.

Desta vez fomos numa onda mais calma, mais de turista que quer ver "tudo", mas gostei igualmente. O tempo esteve "à Paris", enubladinho, ventinho e um solinho que de vez em quando espreitava p'ra nos aquecer o corpo. Foi uma boa viagem portanto, com muitos kms nos meus pézinhos que já não aguentavam com tanto sobe e desce, mas valeu a pena!

Aconselho vivamente, ahhh e pra quem não saiba (quase) todas as atracções turísticas em Paris são gratuitas no primeiro Domingo de cada mês, por isso, se alguém tiver interessado, marquem para essa altura porque poupam um bom dinheirinho ;)


04 abril 2012

Fim semana prolongado...

Vim experimentar o EuroStar rumo a Paris de França. Boa Páscoa a todos e comam poucas amêndoas.

30 março 2012

A "féshonista do puobo"

Só para distrair um bocadinho (e porque eu também sou uma "féshonista" nas horas vagas) aqui vai o meu modelito de hoje. Espero que gostem, xuxus.


P'ra começar, o belo do lencinho na cabeça, não vá passar uma corrente de ar.E fica sempre bem, convenhamos. (H&M)


De seguida, não podia faltar o avental, pois tá claro que não. O meu Avó já dizia, mulher tem que ter avental! (Happy China)

O chinelinho, não menos importante, nestas coisas das lides caseiras. (Primark)

E a luvinha!! Ahh pois tinha que ser. E combina com o lencinho e tudo, ahh pois é. Uma mulher tem que estar atenta a estes pormenores (Poundland)


Não menos importantes, os acessórios, claro. Mulher que se preze tem que ter acessórios. Tenho mais, mas estes parecem-me adequados p'ra hoje. (Poundland e Tesco)


E por hoje é tudo. Espero que tenham gostado. Eu pelo menos diverti-me bastante!


$%&%#$%%#"%

Se vocês me pudessem ouvir neste momento, só ouviriam pis e mais pis e mais pis e mais pis. Tou possessa, raivosa, c'uma neura que nem vos digo. Depois explico, agora vou só ali arrumar a casa p'ra ver se descarrego energias.

Cambada de dias corridos

Ai bida, que vocês andam a escrever que se fartam. 295 posts não lidos no meu reader??? E olhem que eu não tenho assim muitos blogs no reader. Uma pessoa não se pode dar à preguiça, e ao "luxo", de não vir ao blog durante uns míseros dias. Enfim, confesso que não foi tudo lido e que usei o botão "marcar tudo como lido" algumas vezes. Não há tempo p'ra tudo e ultimamente os dias têm sido muito corridos, o que é exactamente o que se vai passar hoje (e durante o fim de semana):

1- Começar mais um trabalhinho e chegar, pelo menos, a meio do dito cujo
2- Faxina geral aqui no palácio
3- Comprinhas
4- Receber os meus meninos "Irlandeses"

Quanto ao fim de semana, avizinha-se muito passeio, risota e convívio.

Agora vou tratar de por um check em cada uma daquelas tarefas. Fui!

24 março 2012

Este tempo deixa-me feliiiiiiz


E, hoje, a melhor prenda que eu tive foi esta...juntamente com os 20°C. Uma boa Primavera a todos :)

19 março 2012

Fora de forma...

A bela ideia de marcar uma aulinha de fitness ontem de manhã, fez com que hoje eu não me mexa. Dói-me tudo, tudinho. Músculos que eu nem sabia que existiam deram o ar da sua graça e eu nem as pernas levanto para andar, arrasto-as literalmente, no chão. Ai minha Mãe, no que dá um ano de sofá e não fazer nenhum por mim abaixo.

A ver se agora começo a ir direitinho. Já estão duas aulinhas de zumba marcadas para esta semana (se eu me conseguir mexer até lá).

Aiiiiii, já vos disse que me dói tudo? Não custa dizer outra vez, é que dói mesmo!

16 março 2012

Das coisas do MA...

'Tou confusa. Já não tenho certezas nenhumas sobre o tema do MA. Mariaaaaa, para de trabalhar que eu preciso do teu ombro e da tua ajuda, e do teu ralhete também. Ai bida...vocês sabem lá o quão difícil  é p'ra mim tomar uma decisão destas. Eu tenho que saber as variáveis todas e já agora controlá-las também. Estou a um mês da fase de investigação e voltei à estaca 0. Neste momento, a única coisa que sei é que vou levar uma coça dos professores todos, ai vou vou!

15 março 2012

Há coisas de que eu gosto...

E uma delas é gente com opinião própria. E personalidade. E que não vai na manada só porque sim, porque é p'ra onde toda a gente vai. Não gosto nadinha de "Maria-vai-com-as-outras" e que diz amém só para agradar ao povo. Gosto de pessoas que sejam críticas, que ponderam a alternativa ao habitual. E gosto, e muito, que me contradigam, que digam que não concordam comigo e me mostrem outra maneira de ver as coisas (ainda que eu ache sempre que tenho razão). Essas pessoas valem o meu esforço e o meu respeito. Porque fazem valer a sua voz e não têm medo de ser quem são. Os outros, enfim...continuam a bajular até arranjarem tomates, ups coragem, e afirmarem-se como são e quem são.

As maravilhas de Londres*

Isto de andar no metro em Londres logo de manhã (e em qualquer outra cidade que tenha metro, pronto, não fiquem já revoltados, até porque o que eu vou dizer não é nada de abonatório) é coisa pra de vez em quando nos revoltar a tripa. Há dias em que temos sorte e as pessoas até cheiram a lavadinho, mas há outros (como o de hoje) em que nem o cachecol embebido em perfuminho do bom na frente do nariz consegue disfarçar o fedor. 'Tá aqui uma senhora-de-casaco-de-peles-que-chique-que-eu-sou a exalar um cheiro a naftalina que não se pode. O casaco já sabemos que é bicho morto, mas ela podia ao menos dar-lhe banho de vez em quando, sei lá. Ou então deixá-lo no armário. O meu nariz agradecia.


*pode ser que seja parte I. Ainda não sei se me vai apetecer fazer disto rúbrica, até porque me lembrei disso agora mesmo. Vou ponderar o assunto ;)

14 março 2012

Dos passeios...

E se eu vos disser que "perdi" mais um avião? Teria piada se não fosse verdade. Enfim, acho que vou começar a comprar 2 bilhetes p'ra cada trajecto. Assim sempre poupo tempo.

Falando da Suíça, recebeu-nos com um Sol quentinho e uns dias lindos. Gostei muito de Zurique, pequenina mas jeitosinha, já dizia a minha Mãe. As aldeias perdidas no meio dos montes são de perder o fôlego e as paisagens são qualquer coisa de fantástico. Não é país onde me visse a morar, por acaso. Muito certinhos e organizadinhos (no mau sentido, claro). Pareceu-me um país para reformados, demasiadamente calmo e relaxado pró meu gosto, mas aconselho a quem gosta de desportos ao ar livre e natureza. Na Primavera deve ficar ainda mais bonito, uma vez que agora as montanhas ainda estavam com muita neve e os campos ainda meio acastanhados. No geral, foi uma óptima viagem. Pude matar as saudades e ainda passear um bocadinho.

Monte Pillatus

08 março 2012

A minha família internacional (II)

Amanhã a esta hora, estou a abraçar outra das minhas meninas. Esta "Maria" sempre foi como uma irmãzinha mais nova. Sinto por ela aquilo que, infelizmente, não sinto por aqueles que me são do sangue. Enfim, são coisas da vida! O que interessa é que vamos passear, conversar, partilhar as coisas que nos têm acontecido, e, de caminho, levo os beijos e abraços das outras 3 Marias que estão a morrer de saudades.

Ahh só resta dizer que vou em direcção ao frio. Zurique, aqui vamos nós!

05 março 2012

Dos blogs e das bloggers...

Há alturas em que ao abrir certos blogs me sinto na feira da ladra, tal é a quantidade de....porcaria que por lá vendem. É publicidade a tudo e mais alguma coisa senhores. Já percebemos que fazem dinheirinho à conta do blog, pronto, mas também não exagerem....

(Post inspirado neste, que é para não me acusarem de plagiar temas de posts ;) Ah e neste também)

28 fevereiro 2012

Das coisas que eu preciso dizer...

Irrita-me a irresponsabilidade, irrita-me de uma maneira que nem sei explicar. E irritam-me as pessoas que pensam que só porque estou em Londres e estou a estudar que sou rica ou que nado em dinheiro. Sim, estou em Londres e sim, estou a estudar, mas também trabalhei muito para estar onde estou e conto com o apoio de quem está comigo pró bom e pró mau.

Portanto, trabalhem e poupem o que têm. Dar cabo do dinheiro só porque sim e depois vir bater à minha porta é coisinha para me tirar do sério. Será que tenho cara de conta bancária?? Xiça....grow up!

23 fevereiro 2012

É do raio do catano...

Eu nunca falo de comida. E logo eu que adoro comer e cozinhar. Só por causa das cócegas, hoje vou dar a ementa. Para aquecer as barrigas temos uma sopinha de espinafres (creme de legumes e folhas de espinafre bebé, prós mais chiques), em seguida sai um empadão de bacalhau que vai estar de retchupete (que é como quem diz maravilhoso à moda de Melgaço) acompanhado de uma salada mista (vulgo alface e tomate cherrie). P'ra sobremesa temos uma frutinha bem fresquinha e à discrição (laranja, macã, morangos e kiwis). E é tudo, aqui do reino da culinária. Depois ponho uma fotozinha do nosso repasto ;)

22 fevereiro 2012

O Tom Cruise e eu! (bora lá lançar o boato)

E não é que hoje a dentista (p'ra me fazer sentir melhor, de certeza) me disse que o Tom Cruise tem o mesmo "problema" dentário que eu? Nos primeiros segundos até me senti melhor, realmente, mas depois lembrei-me de comparar os nossos saldos da conta bancária e passou-me logo o positivismo. O custo do tratamento dele deve ter sido uma gota num oceano de notas, já o meu.....ai!

20 fevereiro 2012

Dúvidas existenciais. Ou não.

Um dia ainda hei-de perceber a lógica de ter página de Facebook do Blog! Não percebo a lógica de dizer exactamente as mesmas coisas, só que em dois sítios diferentes, sendo que as pessoas que seguem, serão (em grande parte) exactamente as mesmas.

Eu não percebo, mas se calhar sou eu que tenho uma mente um bocadinho limitada para entender estas coisas...

De como a Irlanda dá cabo do fígado...

Eu já não tenho idade p'ra estas coisas. A Irlanda dá cabo de uma pessoa. Aquele país tem diabo, só pode. Que vale é que foi um fim de semana es-pec-ta-cu-lar, com convívio, amigos e muita festa. Tinha saudade de me rir às gargalhadas, de dançar até não poder mais, de dar abracinhos e beijinhos. Foi um bom fim de semana, sim senhora. Até à próxima Dublin!

(Qualquer dia conto-vos o que Dublin tem melhor que Londres)